Depoimentos

“Falar do Curso Ator (Curso Amor, CA, enfim, eis algumas alcunhas deste espaço sensacional) é um assunto que me dá bastante prazer de compartilhar com as demais pessoas que estão a minha volta. Aliás, destaco o quanto é prazeroso para mim pisar naquele tablado de madeira do Teatro NeXT e apresentar uma peça, não importa qual seja.
Comecei a fazer teatro no ano de 2009 em igrejas. Na época, era muito fechado para o mundo e quase não falava com as pessoas. Em suma, um legítimo bicho do mato! Depois que dei um tempo nas artes, fui estudar, fiz outros trabalhos, mas sentia que havia um vazio dentro de mim. Sentia o quanto me faltava subir em um teatro e me expressar sendo uma outra pessoa ou um ser diferente daquilo que sou habitualmente.
Então, em uma pesquisa rápida na net, joguei no Google e apareceu um tal “Curso Ator”. Que raios era isso?! Não sabia, mas como um bom curioso, fui atrás para conferir. Chegando lá, me deparei com um ambiente animador, vibrante e cheio de cores. As pessoas que me atenderam na época explicaram da melhor forma possível como funcionava o curso.
O mais engraçado daquele dia é que após visitar e conhecer a proposta do curso, disse que iria voltar caso mudasse de ideia e realmente quisesse fazer teatro lá. Mas quando estava abrindo o portão do prédio, senti que deveria ficar e fazer daquele lugar não apenas uma opção de lazer, entretenimento ou formação como ator, e sim como meu segundo lar.

E foi a partir daquele instante, em janeiro de 2015, que abracei o CA com meus braços e pernas, com minha mente aberta e com o coração pronto para ser acolhido.
Na minha primeira peça, depois de alguns aninhos sem atuar, a alegria que emanava de mim era inigualável! Era um peso que eu retirava dos ombros, ao mesmo tempo em que um novo amor desabrochava naquele lugar.
Sim, foi lá que eu encontrei uma das pessoas mais especiais da minha vida (Claudinha vai me matar porque estou matando ela de vergonha aqui rs).
Após ela conferir minha apresentação do Cenas, passamos a nos conhecer melhor, saímos juntos e em menos de uma semana, estávamos lá, de volta ao NeXT, mas não para atuarmos em uma peça (ainda!). Foi engraçado e encantador observar que, enquanto eu a pedia em namoro, estava novamente com os pés fincados naquele palco que, segundo a Lilian Luchesi, é realmente é mágico!
Então, eu diria que ser do Curso Ator é ser de uma galera harmoniosa, que está a fim de ajudar e ser ajudado e assim, se tornar parte de uma família completa, na qual partilhamos tudo aquilo que temos de bom e melhor, criamos amizades e, sobretudo, amores!

Viva o Curso Amor e todos aqueles que fazem possível este sonho, que é o de sonhar, rir, chorar, sorrir e florescer na arte teatral, voando sem limites e com olhos abertos enquanto atuamos para o público que nos prestigia nossos esforços com suas salvas de palmas.”
Leandro Massoni


“Quando decidi procurar um curso de teatro, minha principal intenção era buscar algo para melhorar meus relacionamentos sociais e dar um jeito de vez na minha timidez. Sempre simpatizei com a arte teatral e decidi escolher o Curso Ator pelos ótimos depoimentos no site e nas redes sociais. Fui preparado para atuar e fui surpreendido com o AMOR. Amor dos profissionais que ali trabalham pela atividade que realizam, amor pelas pessoas, amor pela vida.

Acolhimento. O mundo nos classifica em grupos padrões e te avalia pelo o que você tem. Seu cargo, suas posses, seu status... nada disso importa no Curso Ator. Só importa o que VOCÊ É. Sou aceito, acolhido e respeitado sendo eu mesmo, sem ter que provar meu valor para ninguém, pois todos ali estão dispostos a enxergar o valor de cada pessoa.

Autoconhecimento. Cada aula é uma nova descoberta. Descobri e continuo descobrindo mais sobre meus limites, sobre minhas forças e fraquezas, sobre meus objetivos. Desafio-me e me surpreendo com a força que sempre esteve dentro de mim. Libertação. Um ambiente sem julgamentos, sem discriminação. Alunos e professores dispostos a se ajudarem e a se tornarem ser humanos melhores. Só tenho um arrependimento: não ter começado antes!”
Caio Cesar


““Mãe, quero fazer teatro!” “Agora, Viviane! Isso se faz quando é adolescente. Já passou desta fase, não?” “E o que eu devo fazer agora? Morrer? Não devo viver novas experiências porque envelheci?”.

Silêncio.

Meses depois ela estava na primeira fila assistindo meu descabaçamento teatral. “Filha, você é incrível. Não imaginava que você tinha tanto talento!”. Eu não sei se sou talentosa. O que realmente acredito é que o CA me fez respeitar esta arte, me fez querer conhecer, me ensinou a ter tesão por estar no palco e mexer com o sentimento das pessoas. Seja raiva, amor, riso, indignação. Não importa o sentimento que aflore, o importante é mexer. Mexer com o outro, mexer consigo, mexer com a vida. Sentir, viver, deliciar-se com a vida. O CA me ensinou a explorar minhas emoções com muita verdade. E talvez esta verdade mexa com os outros. “Sim, estou fazendo um monstro psicótico perneta com disfunção sexual! E não vejo problema algum!”.Alguns dirão que não existe. Outros ficarão preocupados com a minha saúde mental. Pra mim existe. E eu acredito nele. Minha fé cênica o faz existir. E a minha fé cênica faz meu mundo ser mais colorido, divertido, sensível e principalmente feliz.

É domingo e a sua família está almoçando junta. Sua tia vai dizer umas verdades e você irá se incomodar. Sua mãe vai te defender, talvez seu pai apoie sua tia, sua irmã mais nova vai fingir que não está ouvindo nada, e este cenário já é conhecido e até caricato. Quando eu descrevo esta cena você visualiza e pode até se imaginar dentro dela. E nesta cena você dirá o que quiser, fará o que quiser com a desculpa do “Estamos em família”. É isso! No CA você está em família sempre. Você vai chorar, rir, abraçar, beijar, tocar e sentir uma vibração tão familiar por pessoas que acabou de conhecer que em algum momento vai até achar que essas pessoas vieram de outra vida. Você vai se tornar um viciado em CA. Vai passar horas lá e não vai reclamar, vai sentir até falta quando estiver em casa. Acolhimento, reconhecimento, carinho, respeito e poderia usar um milhão de frases sobre o que é fazer parte desta família. O CA me fez entender melhor os meus sentimentos, me ensinou a falar deles com clareza, simplicidade e sinceridade. E graças ao curso, eu aprendi a falar “Eu amo você”.”
Viviane Pires


“No começo de 2017, fiz um curso chamado “Teatro para Tímidos”, a timidez sempre foi um problema para mim. Nesse curso, tive alguns elementos de teatro e ali já me apaixonei. Pude sentir um gostinho da liberdade que o teatro proporciona. Quando o curso acabou, senti muita falta daquilo e resolvi procurar um curso de teatro mesmo, mas que tivesse como foco mais o desenvolvimento pessoal, fosse mais livre. Foi então que encontrei o CA. Logo de cara já me apaixonei pelo projeto, ainda mais depois de ler o propósito do curso no site e também os depoimentos, inclusive de uma pessoa dizendo que procurou o CA por questões de timidez. Na entrevista para me matricular no curso, todas as minhas expectativas se confirmaram. Não tive dúvidas e me matriculei. No primeiro dia de aula, fomos todos recebidos com muito carinho e amor (não é por acaso que o CA é conhecido como “Curso Amor”), foi uma recepção muito calorosa, logo de cara me senti muito à vontade. Com o passar das aulas, fui conhecendo mais meus colegas que foram se tornando amigos, principalmente com a ajuda dos facilitadores, que são incríveis, e também se tornaram amigos.

Logo me senti parte de uma família. Não havia vaidades, egos, disputas, todos estávamos juntos, buscando o mesmo objetivo. Éramos todos iguais. Muito por conta disso, as aulas iam se tornando cada vez mais agradáveis, interessantes, desafiadoras, recompensadoras. Os professores transmitiam muito bem seu conhecimento e o que queriam de nós. Comecei a me sentir cada vez mais confiante, solto, livre de quaisquer julgamentos e medos, enfim pude experimentar toda aquela liberdade que sempre busquei. Comecei a descobrir coisas em mim que nunca imaginei que existiam, habilidades que nunca imaginei que tinha. Foi um sentimento de transformação, sabia que ali era meu lugar, não só no teatro, mas principalmente no CA. O CA como um todo foi o grande responsável por isso, conseguiram extrair tudo de mim, me entreguei totalmente. A timidez foi dando espaço para uma confiança, para uma voz que não se ouvia, mas ali foi ganhando energia, para um corpo que nunca se movimentava, mas ali se movimentava livremente. Era um prazer enorme ir às aulas, não via a hora de chegar o dia de ir novamente, foi o melhor curso que fiz na vida. Muito obrigado CA!!!!!”
Alexandre Alves


“Quem me levou ao Curso Ator foi meu marido, que já fazia e insistia que eu fosse também. Ele dizia que seria bom para conhecer pessoas e, principalmente, perder um pouco da minha timidez. Em outubro fiz a matrícula – as aulas só começariam em março. Pensei: “até lá dá tempo dele esquecer e não preciso ir”. Mas ele lembrou e eu fui. Era um período bem complicado daminha vida, mas eu fui. Bastou uma aula para mudar minha opinião e ser eternamente grato ao marido por ter me “forçado” a ir. Que lugar transformador. Que energia boa. Que pessoas maravilhosas. No começo é difícil... Se libertar de amarras, preconceitos, vergonhas... Mas aos poucos, aula por aula, tudo isso vai ficando para trás. Quando a gente menos percebe, já está inserido naquela rotina, querendo mais e mais. Uma aula por semana?? Imagina. Quero todos os dias! E o dia da apresentação? A primeira vez num palco...

O nervosismo. O medo. O frio na barriga. Mas bastou a luz apagar e ouvir a voz da Mari falando “... e com vocês, nossos atores e suas Cenas!”, que tudo passou. Passou rápido – literalmente. Em menos de um minuto a peça já tinha acabado e a sensação de dever cumprido veio. Que coisa gostosa. Como já disse, comecei o curso num período bem complicado da minha vida. Talvez o mais complicado que já tive... O Curso Ator ajudou a me manter são. Eram 3 horas por semana que eu esquecia de tudo e ficava no meu mundinho particular. Conheci pessoas incríveis, perdi um pouco da timidez (ainda tem aqui... mas aos poucos isso vai mudando) e hoje não me vejo mais sem essa “obrigação” semanal.”
Thiago Manolio


“Sou uma pessoa apaixonada por artes em geral: pintura, cinema, música, dança, teatro... Sempre amei ir ao teatro, mas nunca havia pensado em estar no palco ao invés de na plateia, principalmente por causa da minha timidez. De início, meu principal objetivo em buscar um curso de teatro era melhorar meu desempenho ao apresentar meu TCC da faculdade. Porém, descobri no Curso Ator mais do que uma ajuda no meu desafio pessoal em falar em público.

O teatro me proporcionou um autoconhecimento e uma segurança inimagináveis, um alívio para o stress do dia a dia, sem contar as pessoas maravilhosas com quem eu tive a oportunidade de conhecer e contracenar, sem vergonha, sem insegurança, sem timidez, sem medo. Subir em um palco se tornou uma das melhores sensações da minha vida, é realmente um lugar mágico (e cá entre nós, bem melhor que a plateia). Eu levo para a vida tudo o que aprendo e convivo no Curso Ator, dia após dia, peça após peça, e tenho certeza que todos que estão aqui ou já passaram por aqui sentem a mesma coisa. Convido todas as pessoas a experimentar o teatro, é realmente transformador e UMA DELÍCIA.”
Victoria Khouzam


“Na realidade, comecei a fazer teatro porque quero ser dublador, e para isso acontecer, preciso me formar como ator e ter o registro que se chama DRT, só depois disso poderei trabalhar como Dublador. Então me matriculei em uma escola perto da minha casa e comecei a perceber que o teatro não era pra mim. Mas, na realidade o que estava fazendo com que eu sentisse isso não era a profissão, e sim os meus professores. Não tive duvidas, fui procurar ajuda de pessoas que eu confiava e que faziam teatro também, e indicaram o Curso Ator. Fui ver uma peça e já percebi o profissionalismo e a dedicação imperando, sem contar a alegria dos alunos na apresentação. No mesmo dia da peça eu já falei com um dos professores do curso, o Samuel Mota, e deixei claro minhas duvidas e projetos. Na outra semana comecei a estudar no Curso Ator uma peça que se chama "A Tela e a Cela" e realmente percebi a dinâmica e o profissionalismo dessa escola.

Tudo aquilo que estava me desmotivando na outra escola sobre o teatro, o Curso Ator me provou que o erro não era a profissão e sim a metodologia que encontramos "por ai". Uma coisa que me chamou a atenção e até hoje eu nunca vi isso em outros lugares é o principal fundamento do Curso Ator: Tratar os alunos com AMOR. Isso mesmo: AMOR! Por acaso você conhece algum lugar que tem essa metodologia?? Eu não! Em apenas 01 ano de CA eu consegui fazer três peças e estou ensaiando mais duas. Hoje em dia, graças ao CA, eu não penso mais em ser apenas dublador, eu também quero ser um BOM ator. Conheci finalmente a paixão que muitos dizem sentir pelo teatro! Se você está procurando um lugar para se conhecer, praticar o amor com as pessoas, ser mais feliz, entender o ser humano... Então o seu lugar é aqui! Curso Ator 2016 eu estou, e você vem??”
Tim Gaspar


“Sempre fui apaixonada por teatro e passei boa parte da vida flertando com oficinas e cursos livres. Quando conheci o Curso Ator, achei que seria mais uma experiência divertida e passageira. Essa sensação durou até a primeira aula. Foi um encontro mágico, no sentido literal da palavra. A qualidade do curso, o talento e dedicação dos professores já era motivo suficiente para não sair mais daqui. Mas o que me pegou mesmo foi o AMOR que esse lugar emana de todos os lados. É realmente algo único e só entende quem vivencia. Se minha opinião vale de algo para você que está lendo agora, sugiro fortemente: venha AGORA transformar e transcender no Curso Ator! ”
Bia Poiani


“Como colocar em palavras a magia deste lugar? Como tentar demonstrar o Carinho, o Amor e o Respeito que eu tenho por este curso? São 6 anos e os mais incríveis e verdadeiros que já passei! Não sei expressar o que seria a minha vida sem os sábados de ensaio e os processos maravilhosos que resultaram em peças humanas, verdadeiras e intensas. Fazer parte do módulo Plus do Curso Ator é um privilegio. E as memórias e o amor aos meus diretores e amigos estarão pra todo sempre no meu coração.”
Vanessa Puerta


“Já fui absurdamente tímida, do tipo olhou para mim fiquei vermelha. Apresentar trabalhos? Uma das maiores torturas da vida! Só não é pior do que quando te perguntam o porque você é tímida. Eu sempre fui muito pela cabeça dos outros, principalmente família, acho que mais por não ter coragem de impor o que eu realmente queria e entrar no Curso Ator foi a primeira e melhor decisão por mim que tomei na minha vida até hoje. Entrar pro curso significou para mim um certo desafio, sabia que ia ter que subir no palco e isso me assustava, mas depois de conhecer as pessoas e a família que o curso é, aprendi a não me importar com o que os outros pensam e a pensar mais por mim e subir no palco pela primeira vez foi uma decisão minha, um momento mágico que nunca vou me esquecer. Agora, depois de ter entrado no curso ator e subido no palco algumas vezes passei a me conhecer melhor, a tomar decisões por mim e aprendi a falar, a expor minha opinião, a enfrentar o medo de me expor, aprendi a não me esconder e é como dizem, timidez não é uma coisa que você perde, mas sim aprende a controlar e é o que eu aprendi no curso e com isso deixei as pessoas me conhecerem de verdade e ganhei vários amigos e um família nova. Eu entrei no CA de coração aberto, com medo mas com vontade de mudar, me deixei ser picada pelo mosquitinho do teatro e agora to presa a sensação maravilhosa que é subir no palco e ser parte da família do curso ator.”
Samara Gonzalez


“Antes de falar como o CA vem mudando a minha vida, gostaria de dizer como cheguei ao CA. Estava conversando com uma amigo, dizendo da minha timidez, falta de coragem para algumas coisas, etc. Então ele me disse que tinha feito teatro e que tinha o ajudado muito (praticamente me obrigou a procurar um curso, ainda disse: um dia você vai me agradecer por isso (rs), tinha razão). Procurei na internet, achei o CA, enviei um e-mail e fui prontamente respondida pelo Samuca (muito educado por sinal). Enfim, fiz a entrevista, comecei o curso... no primeiro dia de aula quase morri de vergonha, pensei: nunca mais eu volto aqui, voltei estou lá há quase um ano e a cada aula é uma nova superação, um novo aprendizado um novo sentindo para a vida. Posso dizer que o CA é a melhor terapia que estou fazendo, lá eu aprendo que não precisamos levar a vida tão a sério, eu não sou perfeita, e daí? Quem é? Mais do que ser ator o importante é ser feliz, consigo mesmo, com a vida. Aprendi a ligar um botãozinho que faz milagres (rs), mas esse terão que descobrir na prática! Resumindo o CA é uma família, uma energia muito boa, galerinha E continuamos segurando um na mão do outro, afinal, sozinho chega-se mais rápido, juntos: chegamos mais longe!”
Débora


“A grande diferença do Curso Ator para qualquer outro curso existente, é que aqui, independente do motivo de seu ingresso, se é para perder timidez, se é para realizar o sonho de ser ator, os alunos aprendem que o espaço é todo fundando em amor, amizade, respeito e colaboração, que são os pontos chaves do teatro. Aqui nós aprendemos que ninguém pode realizar algo sem a ajuda do outro, e isto é um ensinamento que levamos para a nossa vida pessoal. Quando entramos em um espaço assim, podemos sentir toda a serenidade do lugar. O Curso Ator, acolhe, ensina e forma pessoas.”
Fernanda Emediato


“Que coisa maravilhosa é poder compartilhar todos os nossos sentimentos com pessoas tão especiais! E mais que isso, poder ter a oportunidade mágica de enxergar o interior das pessoas. O Curso Ator é mais que uma escola, é a chance da transformação constante, da entrega, do doar e receber; da vontade de externar a nossa sensibilidade a quem quer que seja sem medo do que vão pensar. E toda essa mudança interna, me fez pensar em um dos maiores erros do ser humano: somos educados a alcançar estabilidade financeira, diplomas e 'status', mas não somos educados a buscar a espiritualidade, a paz interior - e é muito bom poder descobrir que ainda há tempo.

E além da paixão de encenar, de ser ator ou quase um ator (rs), esse curso está mexendo com tudo dentro da gente. Entre tantas outras opções que eu tinha, com certeza escolhi a mais encantadora! Sorte a minha, afinal dizem que somos nossas escolhas! E eu estou apaixonada por tudo isso e por todos vocês! Muito obrigada, de coração!”
Andréa Garbim


“Há quase dois anos a vida me levou a dar aulas na minha área, mas eu era completamente incapaz de falar em público, ficar em evidência. Sempre fui muito tímido e precisava resolver ou iria perder a oportunidade. Procurei curso de oratória, mas achei que não iria resolver o problema, e foi ai que pensei em curso de teatro. Achei o Curso Ator pelo Google, liguei, marquei uma entrevista e fui. Conheci o Gelson, pessoa que infelizmente tive muito pouco contato, e comecei as aulas. Entrei naquela sala grande com um monte de gente e me perguntei “O que que eu tô fazendo aqui com esse monte de gente estranha?”- Mas fiquei e consegui cumprir meu objetivo logo nos primeiro seis meses: aprendi a fazer o papel de professor, e da equipe hoje sou o que mais dá aulas. Acabei sendo indicado ao “Oscar” em todas as peças e ganhei um pelo Palhares (personagem de “A Tela e a Cela”). Mas o mais importante não foi ter conseguido dar aulas, concorrer, atuar. Foi justamente nunca mais achar que em algum lugar tinha gente estranha, aprender o contato humano, abraçar as pessoas, coisa que tirando mulher e filho, eu não fazia nunca, perder uns preconceitos idiotas que todo mundo tem.”
Carlos Furriel


“Quando apareci na primeira aula experimental do Curso Ator, vinha embalada por uma promessa ambiciosa: “O teatro vai mudar a sua vida!”. E mudou mesmo, mas não só pelas razões mais óbvias – novos amigos, estímulo intelectual, comunicação. O teatro me trouxe uma inspiração que eu nem sabia que me faltava. Um tipo de transcendência que só alcançamos pela arte ou pelo amor – e eu encontrei os dois no Curso Ator.”
Mariana Tomazelli


“Na verdade, pra mim não foi um curso de teatro em que fiz pra perder a timidez ou pra tentar me profissionalizar, foi algo bem mais especial. Quando subia o elevador, chegando ao sexto andar eu mudava de mundo. Era exatamente isso que acontecia, estava num mundo onde não tinha preocupações com família, amigos, dinheiro, trabalho, tinha a paz que só podia ser proporcionado pelo mundo que alguns chamam de Curso Ator.”
Will Sabbatini